ESPAÇO DE TERAPIAS ORIENTAIS E MASSOTERAPIA

MASSAGENS - TERAPÊUTICA, ESTÉTICA, RELAXANTE, DRENAGEM LINFÁTICA

ESTÉTICA FACIAL E CORPORAL

VENTOSATERAPIA
MOXABUSTÃO
ACUPUNTURA (TRADICIONAL CHINESA)
STIPER
GEOTERAPIA
CROMOTERAPIA
AROMATERAPIA
MAGNETOTERAPIA

ESTÉTICA FACIAL COM ACUPUNTURA OU MAGNETOTERAPIA

sexta-feira, 12 de abril de 2013

YIN E YANG E OS CINCO ELEMENTOS


Vivemos num planeta em que abundam a diversidade: reino animal, reino vegetal, mineral, etc. Este planeta a que chamamos Terra é a casa de cada entidade de cada reino e só é rico porque aqui vivemos numa interdependência. Um reino depende do outro para continuar existindo e nenhum tem preponderância de importância sobre o outro, pois cada reino existe para equilibrar toda a cadeia de vida sobre o globo. Cada folha de grama e cada animal existe por uma razão e onde uma espécie dentro de algum reino entrar em extinção a consequência é o desequilíbrio da vida no planeta.
Esta interdependência não diz respeito apenas aos seres sobre o planeta, pois que todos os reinos existentes na Terra dependem do que podemos chamar "ajudantes do espaço". Os planetas e especificamente o Sol e a Lua também são nossos dadores de vida, pois se um único vulcão explodir com força suficiente para lançar no ar fumaça que impeça o sol de penetrar em nossa atmosfera, deixaríamos de existir. E a Lua é a "Grande Maestra dos Ciclos das Marés".
Assim sendo, cada reino e cada entidade dentro destes reinos é uma unidade menor dentro de uma maior, cada qual importante à sua própria maneira.
OBS.: Podemos perceber a queda em nossa força vital e a alteração de humor do nosso sistema emocional quando há muitos dias de chuva, quando parece que o sol nunca mais vai aparecer novamente no céu. Pessoa mais sensíveis chegam até a ficar depressivas. E imaginem se a lua não nos abençoasse trazendo a noite,o descanso e sua luz prateada... Dependemos desse equilíbrio e porque nossas vidas dependem tanto de um sistema de balanceamento tão frágil e interligado devíamos expressar gratidão à Inteligência de Vida que mantém tudo em tamanha organização.
Fico imaginando como as coisas poderiam ser diferentes senão nos esforçássemos tanto para atrapalhar, sujar, poluir, destruir, etc. Se como os índios dizem "a Terra é nossa mãe", então somos péssimos filhos; filhos que não só estão em desarmonia entre si, mas também em dissonância com os ciclos da Natureza. Será que tentamos compensar nosso senso de fragilidade e por isso abusamos tanto do poder# Por que somos o animal com consciência que a usa de forma tão inconsequente# Ou será que nosso problema maior não é compensação, nem o abuso do poder, mas a carência# Sim, podemos nos sentir tão carentes e sozinhos e sem importância que vivemos para acumular, possuir, amontoar... É como se o nosso copo nunca estivesse suficientemente cheio, sempre precisamos de mais (roupas, carros, imóveis, etc.). Será que somos um reflexo menor dos buracos negros do espaço e que por isso absorvemos tudo o que podemos#
O Hermetismo diz que "assim como é encima é embaixo". Em aula já nos perguntamos: E se nós somos as células de um organismo maior# Bem, se este for o caso podemos ser o "câncer da Terra" com nossas guerras,invasões, desmatamentos, etc. Porque isto é o que o câncer faz no nosso organismo, invade outras áreas#órgãos e os destrói. Nossas células podem estar apenas refletindo nossas crises, nossas revoltas, raiva, depressão, etc. Como um holograma onde as partes refletem o todo.
CONTINUA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Insira aqui seu comentário ou sugestão: